Procedimentos Terapêutico - Ligadura elástica hemorroidária

Procedimentos Terapêutico - Ligadura elástica hemorroidária

Trata-se de um tratamento realizado em regime ambulatorial (na clínica), para procurar eliminar as hemorróidas internas sem o recurso da cirurgia. É o método mais utilizado para o tratamento das hemorróidas internas sintomáticas (sangramento anal, prolapso pelo ânus e dor/desconforto anorretal). É muito simples e seguro. É o tratamento atual de eleição para hemorróidas de 1° e 2º grau e em alguns de 3ºgrau, que, com o seu advento, só são operadas em 20% dos casos.

Consiste na tração ou aspiração dos plexos hemorroidários internos para o interior de um aparelho de ligadura, seguindo-se a aplicação de uma banda elástica (anel elástico) na hemorróida a tratar. Ao fim de algum tempo (4 a 7 dias depois do tratamento) a hemorróida necrosa e cai, sendo eliminada pelo ânus. Para ser eficaz poderão ser necessárias várias sessões de tratamento.

São ligadas uma a trêshemorróidas por vez, podendo ser necessárias duas a três aplicações com intervalo de um a dois meses, tempo necessário para a cicatrização completa. Permite controlar os sintomas na maioria dos pacientes.

O que fazer antes de uma ligadura hemorroidária?

Você pode comer antes do procedimento.

É necessário limpar o reto antes do procedimento usando um enema.

Não use antes e depois do procedimento Aspirina, AAS e qualquer anticoagulante.

É doloroso este procedimento?

A ligadura hemorroidária é um procedimento simples, na maior parte dos casos indolor, realizado com uma sedação para melhor conforto do paciente.

O que você pode apresentar após o procedimento?

A resposta e tolerância ao procedimento são individuais, enquanto umas pessoas voltam as atividades regulares quase imediatamente ,outras podem necessitar de um a dois dias de repouso domiciliar.

Dor anal: tipo aperto, ou mesmo apenas um desconforto (vontade para evacuar), de curta duração (24 a36 hs), e melhora com uso dos analgésicos prescritos. Dor severa é incomum e precisa ser comunicada por estar associado à infecção.

Sangramento anal: geralmente de pequeno volume e ocorre junto às evacuações. São raros os sangramentos intensos que necessitam de hospitalização e cirurgia para a resolução.

Infecção local: complicação rara e caracterizada pela febre, dor anal intensa, latejante e contínua; geralmente acompanhada da dificuldade para urinar, mas na sua maioria,responde rapidamente ao uso de antibióticos e raramente evolui.

Retorno dos sintomas das hemorróidas: deve-se ao aparecimento de novas hemorróidas, as quais são, na sua maioria, facilmente religadas.