Nutrição Oncológica

A Nutrição em oncologia tem como objetivo proporcionar ao paciente uma melhor resposta e tolerância ao tratamento, manter ou recuperar o estado nutricional, minimizar os sintomas gastrointestinais, melhorar a imunidade e oferecer melhor qualidade de vida.

Para aqueles pacientes que se encontram em quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, alguns efeitos colaterais como falta de apetite, saciedade precoce, náuseas e vômitos, diarreia, constipação, etc., podem diminuir a ingestão de alimentos, e prejudicar o estado nutricional. Essas complicações indicam a necessidade da assistência nutricional nas diferentes fases da doença e do tratamento, tendo em vista a melhoria da qualidade da atenção prestada a esses pacientes. Manter uma alimentação adequada durante o tratamento auxilia no funcionamento do organismo, sendo importante para:

  • Minimizar a perda de peso, prevenindo a desnutrição e evitando a interrupção do tratamento;
  • Reduzir ou minimizar as complicações;
  • Melhorar a resposta imunológica;
  • Proporcionar a melhora da qualidade de vida;

Além disso, o uso da Terapia Nutricional Oral (suplementos nutricionais orais) ou Enteral (via sonda) pode auxiliar na manutenção e recuperação do peso, contribuindo para uma melhor adesão ao tratamento e resposta à doença. Poderá ser indicada pelo médico ou nutricionista, de forma individual, dependendo da tolerância de cada paciente. Diante disso, o acompanhamento nutricional torna-se, um forte aliado durante o tratamento oncológico.